sábado, 30 de outubro de 2010

Tu conheces Julinho da Adelaide?

"Julinho da Adelaide, compositor de morro carioca, filho da Adelaide, que vivia no morro da rocinha, da favela da rocinha, e que vivia mais nas páginas policiais dos jornais do que em outras, e de repente passou paras as páginas de crônica musical, repentinamente, por causa do sucesso que corria de boca em boca, das suas ultimas composições, principalmente aquela que falava, de um fato corriqueiro, alias da vida dele, se chamava: Chama o ladrão, um dia ele tava dormindo com sua companheira Jurema e ouviu um barulho estranho em casa, ali no portão e tal... [...] e era a polícia, ai ele acordou depressa a mulher e falou:
- Jurema, CHAMA O LADRÃO, CHAMA O LADRÃO!
E depois deu um samba, e com esse samba ele passou às páginas de crônica musical” (FONTE: YouTube)

Durante a ditadura militar, com fortes perseguições por parte do governo, Chico Buarque teve a idéia de criar um pseudônimo: Julinho da Adelaide. Como narra a história acima, essa personagem tinha uma personalidade comum a muitos malandros da sociedade carioca daquele momento.

Para quem ficou interessado em saber mais desse personagem que driblou os crivos da censura militar, aqui vai o LINK de um trabalho acadêmico que visa estudar esse pseudônimo de Chico que conquistou muitos brasileiros.

4 cérebro(s) pensante(s):

seguindo


carrapatopreto.blogspot.com

ae branquelo, to te seguindo tbm...

Seguindo o blog! Gostei dos textos. Já pensou em ser jornalista? Pelo jeito você tem perfil!

Segue de volta?

http://entrepalavrasenotas.blogspot.com

Adoro Chico Buarque! Parabéns pelo post!

Ahh, obrigada por me seguir. Mas mal cheguei nesse mundo blogueiro e já mudei de url..rss
Atualiza, please!!

http://infinito-particularr.blogspot.com